Como o luto pode afetar estudantes de faculdade?

Além dos sintomas comuns do luto como choro, fadiga, insônia, dores de cabeça, ataques de pânico, perda de apetite, sentimentos de desesperança e desespero, estudantes enlutados, podem perder o interesse nas atividades da faculdade, perder a motivação para se empenhar nos trabalhos propostos e, se distanciar das atividades sociais de seu grupo acadêmico. Como consequência desses sintomas, podem acabar por diminuir seu rendimento e até mesmo, desistir da faculdade.

Quando isso acontece, quando não lidado da maneira correta, pode-se caminhar para problemas mais sérios como depressão, doenças psicossomáticas, pensamentos suicidas e uso abusivo de substâncias.
Se seu filho ou conhecido está passando por um processo de luto difícil, enquanto está em outra cidade para estudar, não tenha medo de visitá-lo para verificar se está tudo bem e dar o melhor suporte possível. Converse com colegas, professores e, se houver, com profissionais da faculdade, especializados em ajudar os estudantes com seus problemas de saúde mental.

Discuta com seu filho, sobre suas visões sobre o presente e futuro, procure direcionar a conversa para o entendimento de como a vida e morte funciona, e que não devemos nos cobrar demais quando estamos mal. Aprender a respeitar suas emoções e pensamentos podem ajudá-lo a diminuir o ritmo de maneira consciente, esperar a diminuição em seu rendimento e não tomar atitudes drásticas ou piorar seu quadro pelos resultados.

Se você, como pai ou amigo estiver com dificuldade e com muito sofrimento, não hesite em buscar um apoio psicológico. Uma psicoterapia pode te ajudar aceitar a situação atual e a lutar para alterá-la.